Baú

Vamos transcrever aqui alguns pequenos retratos do artista Bob Dylan. Matérias de revistas antigas, transcrições de gravações caseiras, entrevistas em programas de rádio – antes e depois da fama. Porções de pequenos registros que ajudam a compreender a evolução do pensamento e o dia-a-dia de uma das maiores referências musicais do século passado.

Começamos com a transcrição de uma fita, gravada em 1958, 3 anos antes de Bob lançar seu primeiro disco. Uma despretenciosa conversa entre ele e seu amigo de infância, John Huckley. A gravação mostra os dois tagarelando enquanto gravavam uma canção  entitulada “Hey Little Richard”. Bob tinha 17 anos.

VERÃO DE 1958

– Quarto de Bob Dylan, com John Huckley, Hibbing, Minessota

FONTE: The Bringin It All Back Homepage


– “Little Richard.

Oh, Little Richard”


BD: É a sua vez de cantar agora…

BD: Isso é Little Richard (imita gritos de multidões enlouquecidas no microfone)… Little Richard é muito expressivo…

JB: Você acha que cantar é só pular por aí e gritar?

BD: Você tem que ter expressão…

JB: Johnny Cash tem essa expressão.

BD: Não há expressão. (cantando em tom baixo e lento no microfone) “I met her at a dance St. Paul Minnesota…I walk the line, because you’re mine, because you’re mine…”

JB: Você está fazendo errado –

(Corta a fita)

JB: Qual é o melhor tipo de música?

BD: Rhythm and Blues

JB: Diga suas razões em menos de 25 minutos.

BD: Ah, no Rhythm and Blues você vê uma coisa que não pode explicar. Quando você ouve uma canção de Rhythm and Blues – quando você ouve uma boa canção de Rhythm and Blues, ela te pega pela espinha…

JB: Whoa-o-o!

BD: …quando você escuta uma canção como essa. Mas quando você ouve Johnny Cash, o que você quer fazer? Você quer sair, você quer, você – quando você ouve uma boa canção de Rhythm and Blues você quer chorar…você quer chorar quando ouve algo desse tipo.

(corte na gravação)

(volta os dois cantando)

“Well, buzz buzz buzz honey bee

_____________I ever heard

__________________Darling

And the sweetest sound I ever heard

Well___the beuty of the red red rose

The beauty of the skies of blue

The beauty of the evening sunset here

Ain’t but the beauty of you-u-uu

Honey, honey, honey comb

The beauty of the grapes on the vine

_____________________silence

And I woke up and said you was mine”

BD: (Indecifrável)

JB: Escute, você precisa fazer isso um pouco mais rápido. Quero dizer, estou tentando cortar uma gravação rápida aqui, entende?

BD: Não posso ajudar.

JB: Sei que a música não é lenta, mas também não pode ser rápida demais.

BD: Do que você está falando, rapaz, está bastante rápida!

JB: Não, não está.

BD: Isso vende – Isso vende (faz sinal de dinheiro com a mão) vende muito – dez milhões em uma semana! “Weeeeeeeeel”! (toca uma nota no piano)

JB: O que você está tentando fazer com um “Weeeel” desse tipo? Quero dizer…

BD: Bem, essa é uma nova canção, e estou começando outra nesse momento.

(corta a gravação)

(Entre o diálogo dos dois aparece uma gravação de Elvis cantando Blue moon..termina a música e segue a conversa)

BD: Sim, ah, Ricky Nelson. O Ricky Nelson é outro desses caras. Veja Ricky Nelson, Ricky Nelson –

JB: Ricky Nelson está fora de questão.

Ricky Nelson

Ricky Nelson

BD: Ele copia o Elvis Presley! Sim, perfeitamente…

JB: Ele não consegue fazer como o Elvis.

BD: Bem, ele não pode cantar mesmo… Ricky Nelson. Então nós devemos esquecê-lo. Veja, quero dizer, você percebe quando escuta canções como dos The Diamonds. The Diamonds são muito bons, estão na rua e são muito populares, disco gravado, você sabe.  Eles são grandes estrelas populares mas de onde, de onde eles tiram todas essas canções? Você sabe de onde eles tiram as canções, eles tiram as canções de pequenos grupos. Eles copiam pequenos grupos. A mesma coisa com Elvis Presley. Elvis Presley, quem ele copiou? Ele copiou Clyde MacPhatter, ele copiou Little Richard…

Clyde McPhatter

Clyde McPhatter

JB: Espera um minuto, espera um minuto!

BD:…ele copiou os Drifters.

JB: Espera um minuto, nomeie, nomeie 4 canções que Elvis tenha copiado desses caras, desses pequenos grupos.

BD: Ele copiou todas as canções do Little Richard.

JB: Como quais?

BD:Rit It Up”, “Long Tall Sally”, “Ready Teddy”, err – qual é a outra…

JB:Money Honey”?

BD: Não, Money Honey ele copiou do Clyde McPhatter. Ele copiou “I Was The One” – copiou dos Coasters. Ele copiou, ah, “I got a Woman” do Ray Charles.

JB: Er, veja, aquelas canções foram escritas pra ele.

(corta a gravação)

BD: Rhythm and Blues… Quando você ouve uma canção do velho Rhythm and Blues você quer chorar…

dylanyoung

postado por hpompermaier para Folklore

Anúncios

Um pensamento sobre “Baú

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s